Ensaio com Ana Bandeira

A formação em Design, fez Ana ver o mundo com olhos de beleza. Deixou para trás a carreira acadêmica de professora universitária e escolheu viver em Paraty, que é uma cidade que respira e inspira arte por toda parte. Hoje, vive em um chalé na beira do mar, onde aconteceu a locação de suas fotos. Os pés na areia e a tranquilidade aperfeiçoaram ainda mais seu olhar, para a criação das peças artesanais de cerâmica que produz.

“Ser feminista tornou-se para mim, uma bandeira. Lutar por uma visão diferente das masculinidades impostas é um dever social. É necessário dar voz aos direitos conquistados por nós, mulheres.

“Sororidade é simplesmente amor, é o zelo pelo bem estar das mulheres que estão entre nós. Amar sempre, acreditar, acolher, despertar o poder pessoal. Acredito que nós, mulheres, nascemos com esse registro no DNA, é genético, basta que nos livremos das convenções machistas de disputas entre nós, para que possamos aflorá-lo e enfim, exercê-lo”.

Creio que o machismo é algo sistêmico em nossa criação e infelizmente, por décadas, ainda que inconscientemente, agimos conforme suas regras entranhadas na sociedade. Rodas de mulheres de classes e etnias distintas são capazes de nos curar de nós mesmas e assim, quem sabe, estabelecer um diálogo sadio com o masculino infectado pelo machismo, ou como prefiro dizer, pela masculinidade tóxica.”

“Como mãe de duas mulheres procuro passar conhecimento e dar-lhes autonomia para que identifiquem posturas de masculinidades tóxicas, e que as combatam com argumentos inteligentes de resistência, pois somente pelo pensar e agir femininos conseguiremos construir um novo mundo. E digo sempre: festejem a ventura de serem mulheres, sensíveis, acolhedoras, Deusas e fruto sagrado da Terra Mãe”

Locação: Pousada Enseada do Jatobá

BR 101 – Km 570

Rodovia Rio – Santos

Paraty – RJ – Brasil

enseadadojatoba.com.br

Fotos: Mariana Quintão

Entrevista: Sheyla de Castilho

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.